segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Que tédio, não se faz nada - escreve ele numa máquina com acesso a todo o tipo de informação.

O Facebook é um oceano de frases que misturam a experiência de um jovem de 14 anos e a mentalidade de um Gustavo Santos.
Uma gira que tenho visto é "Que tédio, não se faz nada.", que soa mais a um "já percorri todo o meu feed de notícias e não há nenhum vídeo engraçado com gatos". Até compreendia se não tivesses à tua frente um computador, um tablet ou um smarphone com acesso à Internet. Se não tivesses acesso a todo o tipo de informação. Se não tivesses a possibilidade de pesquisar a definição de sarapitola, nem de ficares a conhecer os sintomas do HIV, nem de veres fotos de todos os teus amigos na Viagem Medieval em Santa Maria da Feira, nem de leres uma notícia de uma mãe que obrigou a filha a fazer favores sexuais em troca de carregamentos de telemóvel, nem de teres acesso a pornografia em 3 cliques (Como? Youporn nos favoritos, puto). Já para não falar de todas as coisas que consegues fazer sem ser na Internet. A sério, essas coisas ainda existem.

Pára com essas merdas, puto. Já agora, pára também de nomear a tua mãe para tomar um banho público caso contrário ela tem que te pagar um jantar, quando na realidade é ela que te põe o jantar na mesa todos os dias, puto. Pára de dizer "achavas que ias comer um jantar à minha pala?".
Isso sim provoca tédio nos outros.

8 comentários:

  1. Pois, como compreendo essa sensação. Estes cachopos de hoje em dia já não sabem ir jogar futebol com os amigos sem ser na playstation. É de mim ou usaste uma expressão do centro do país: "ó puto" ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade. Sim usei mas foi só porque acho que tem uma certa piada um gajo do norte usá-la, principalmente um que não costuma usar este tipo de palavras. E usei também para eles entenderem melhor. Sinceramente acho que se uma frase tiver 'puto' no fim, torna-se mais fácil de perceber por parte deles.

      Eliminar
  2. Por momentos achei que te tinhas vendido.
    Lá isso é verdade toda a frase terminado em "puto" é mais perceptível para eles e é verídico !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca me venderei Luísa, podes ficar descansada. Excepto num caso em que envolva muito dinheiro. Aí tenho que ponderar muito bem.

      Eliminar
    2. se envolver dinheiro vê lá se não te esqueces aqui da miguxa do cocó

      Eliminar
    3. Claro que não. Não me esquecerei amiga da merda. (Digo isto com todo o carinho. É estranho como ao trocar as palavras por sinónimos apenas, ganha outro significado.)

      Eliminar
    4. acho que foi a coisa mais carinhosa que já me disseram. foste tão fofo que quase enjoei. (aka na mesma agradecida)

      Eliminar
    5. Ahahah exagerei na simpatia se calhar. Eu na realidade sou um fofo.

      Eliminar