domingo, 1 de junho de 2014

Dia da Criança.

Aquele dia em que somos confrontados inúmeras vezes com alguém que nos diz "todos temos uma criança dentro de nós", aquela frase que deve ter resultado bem para o padre Frederico no tribunal. Porquê? Porquê continuar a insistir nesta frase? Será porque quem a diz tem a originalidade de um candeeiro de pé alto? Ou porque tem o impulso de responder a todas as perguntas com um "uãããhh"?

Mas afinal o que é ser criança? Posso tentar responder sem ir à Wikipedia.

Ser criança é:

  • Receber um relógio da Swatch como prenda daquele tio esquisito que só vemos uma vez por ano. O giro é que ele nem sabe se o sobrinho sabe interpretar as horas.
  • Poder apalpar as mamas daquela amiga jeitosa da tua mãe sem ela levar a mal.
  • Ter alguém nos chame para ir para a cama. O que no fundo não é muito diferente daquilo que queremos agora em adultos.
  • Detestar o cheiro a álcool. Ser adulto também não difere muito, nos dias de ressaca.
  • Acreditar que a Casa dos Segredos é uma casa em que a sua localização é mantida em segredo. (Não era giro assim?)
  • Gostar de Ice Tea de manga e não conseguir dizer "Chocapic" sem terminar com o "forte em chocolate". (Ainda não consigo.)
  • Acreditar que os teus pais não sabem que tu te masturbas.

6 comentários:

  1. e a mim que me disseram a semana passada no barbeiro que a casa dos segredos e big brother eram programas diferentes?!

    e eu estava-te a fazer um super comentário mas vou usá-lo como post :3
    perdoai-me, super nuno!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui não são a mesma coisa? Também não sabia.
      Estás à vontade super sónia, para fazer o post e mesmo para ir ao barbeiro!

      Eliminar
    2. barbeiro = sítio ideal para cortar a franja

      Eliminar
    3. A sério? Não sabia. Sempre é giro para os barbeiros que assim recebem clientes que quando estão a cortar o cabelo não aproveitam para coçar os tomates.

      Eliminar
  2. As crianças e os velhos são uns sortudo do caraças, têm desculpa para tudo! Fazem merda e "deixa lá, é só uma criança" ou "deixa estar, já é velhinho"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo. Por outro lado, ambos têm o eterno problema com o controlo da urina.

      Eliminar