sábado, 22 de março de 2014

A história do Augusto - o rapaz que queria mudar a cor do Facebook.

Augusto era um jovem que passava muito tempo na Internet. Augusto tinha conta no facebook, twitter, google+, hi5, tumblr, ask.fm e continente online. Augusto era um jovem que acreditava que a linha vermelha que aparece debaixo de algumas palavras que escreve no computador serve para enfeitar. Augusto era um jovem que acreditava no amor à primeira vista, mesmo tendo miopia. Augusto usava chapéu com a pala voltada para trás mesmo quando estava sol, o que o obrigava a colocar a mão sobre os olhos de forma a fazer sombra quando o sol lhe batia na fronha. Augusto era um jovem que respondia "Viesse mais cedo" quando alguém lhe dizia "Boa tarde". Augusto era um jovem a quem os amigos chamavam de "Gust" e a avó materna chamava de "Águsto". Augusto tinha uma ideia para um mundo melhor, um mundo em que pudesse escolher o som da buzina do seu carro e assim poder buzinar nomes de pessoas, o que dava jeito quando queria chamar alguém.

Faltavam trinta minutos para as duas e meia quando o jovem Augusto decidiu que queria mudar a cor do facebook para se tornar original. Surpreendentemente não conseguiu. Apanhou vírus no computador. 
Aprendeu que nem sempre é boa ideia fazermos aquilo que podemos ou que nos dizem para fazer. Augusto é agora menos jovem.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Ele está melhor agora, está mais homem. Já vai fazer as compras do mês ao supermercado em vez de as mandar vir pela net. O problema é que ainda leva o chapéu com a pala voltada para trás.

      Eliminar