domingo, 9 de fevereiro de 2014

O verdadeiro problema da tempestade Stephenie.

O nome. É importante que não se caia no erro de chamar Stephenie a algo que queremos que se vá embora.
Ora vejamos. Stephenie. Stephenie Meyer. A escritora e criadora de Twilight, que vem desde 2005 a chatear as pessoas com as suas histórias de fantasia sobre vampiros.

Neste momento parece que já nos conseguimos ver livres dela (nunca fiar) mas foram 7 anos de "tempestade" contando até ao último filme da saga em 2012.

Não é isto que queremos para o nosso país, pois não?
Já nos bastam pessoas que afirmam "detesto ter dúvidas e não certezas", mal sabendo elas que a própria frase que defendem é uma incongruência.

O Algo Deve Estar Errado não falha no que toca a apresentar soluções para os grandes temas e por isso tem a solução para este. É muito simples. É atribuir nomes mais giros às tempestades para elas se irem embora mais rapidamente. Madeleine, Rui ou Daniel são exemplos disso.
Embora não aconselhe este último pois é provável que após desaparecer, regresse passado alguns dias.

2 comentários:

  1. Giro, giro era Tempestade Miró, o Governo despachava-a assim que pudesse para o estrangeiro e a malta já podia ir para a Marginal fazer jogging pró Instagram...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era uma boa ideia. Demorava-se mais tempo a despachar mas ainda se fazia dinheiro com ela. É mais giro quando se pode ir para a Marginal, assim as fotos que se vê no Instagram não são todas tiradas em frente ao espelho.

      Eliminar