sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Autos de fé, touradas, o argumento da tradição e um taco de basebol a perscrutar-vos o ânus...

Minha gente, estou-me a cagar, desculpem-me o português, para a opinião de cada um de vós em relação a touradas, praxe, o que quer que seja, fico é possesso quando me vêm argumentar a favor de algo com a muito famosa expressão, é tradição.

Uma tradição é basicamente um acto que é repetido, normalmente sem qualquer justificação lógica e subsiste apenas dessa mesma repetição. 

Tenho alguma coisa contra tradições? 
Depende da tradição. 
Porquê?
Porque não sei qual é a tradição e o conteúdo é o mais importante.

É este último ponto que é constantemente falhado. 

"As touradas são uma tradição nacional". É com esta premissa que os sacanas emproados das corridas defendem a tortura de animais; é com esta premissa que ainda convencem as altas instâncias deste muito estúpido país. O mesmo com a praxe, pouco me importa se é algo bom ou mau mas o argumento da tradição vale tanto como uma mão cheia de nada. Se o argumento da tradição chega, temos de voltar aos autos de fé, era tradição. No final, com as brasas dos mortos, assa-se um porco e faz-se um arraial.

É que tenho a certeza que se eu disser a algum dos senhores que usam este argumento constantemente, para defender questões que não têm defesa possível, ou então questões cuja defesa é demasiado complicada ou trabalhosa, que lhes vou violar os pais, os irmãos e eventualmente a eles com um taco de basebol, porque a minha família sempre o fez a gentes que apreciam dogmas, tenho a certeza absoluta que eles não o vão aceitar de bom grado.

Depois de terem os ânus perscrutados, por um instrumento tão largo como o que serve para bater bolas no muito aclamado desporto americano, eles mudavam de ideias, esqueciam a merda das tradições, tenho a certeza absoluta. Se o taco tivessem espinhos então, nem falo.

PS: Os das touradas para além do taco de basebol iam ter ferros nas costas, um pequeno auxiliar de persuasão. 

Sem comentários:

Enviar um comentário