sábado, 23 de fevereiro de 2013

Grândola Vila Morena

É sabido que o tuga não pegas nas armas, o hino muito bem vai "às armas" mas o tuga manda-o à merda portanto só posso supor que o hino não faça sentido.

Porque não mudar o hino? Pegamos na música que agora pegou moda tão depressa como o "ai se eu te pego", escrita pelo rei do Forró português, o Zeca Afonso, estou a falar claro de Grândola Vila Morena e adaptamos a letra para que se adapte ao país todo.

A minha sugestão:

Portugal, país perdido
Terra da terceira idade
O povo é quem mais se fode
Por quem tem imunidade


Já não há felicidade
Só mesmo, latas de atum
Terra da desigualdade
O Amorim podia partilhar algum

Em cada esquina, um sem abrigo
Em cada igreja, vaidade
Portugal, país de merda
A ficar sem liberdade

A ficar sem liberdade
Portugal, país de merda
Por quem tem imunidade
O povo é quem mais se fode

À sombra da bananeira
Ficamos por muitos anos
Talvez só foi pura cegueira
Ou quem só soube encher os bolsos

Portugal, a tua vontade
É de mergulhares no mar
Mas ainda há a merda da Madeira
Por algures lá a boiar



Façam deste o nosso hino.

8 comentários: