quarta-feira, 27 de julho de 2011

Algo deve estar errado... A Extrema-Esquerda (diz a Direita)

Ora hoje disseram-me que tenho ideais de extrema-esquerda.
 Porquê? Perguntei eu obviamente, volto a lembrar que sou apartidário (tenho ideais socialistas mas não me identifico o suficiente com nenhum partido para dizer que tenho preferência partidária).

Responderam-me que sou de extrema-esquerda porque me identifico demasiado com o Bloco de Esquerda e não tenho ideais conservadores. Além disso digo várias vezes que os três partidos mais relevantes no país estão colados à direita (vamos lá ver o Seguro) e acrescento ainda que eles enterraram o país, logo deviam ser outros a desenterrar.
Acho também que os contribuintes não devem ser castigados pelos erros dos engravatados, que as quotas de produção que a União Europeia propõe são ridículas e ainda acho que os "financiamentos" europeus são venenosos. Sou a favor do casamento homossexual, estou feliz com o resultado do último referendo ao aborto e acho que as razões impostas à não aprovação da adopção por casais homossexuais são ridículas porque há imensas famílias violentas que podem ou não original famílias violentas (um cenário terrível)  portanto um casal homossexual não vai originar obrigatoriamente filhos homossexuais (se gerasse continuo a preferi-los aos violentos).


Ora a minha resposta foi:

Eu não sou de extrema-esquerda, nem o Bloco o é. Se há um partido que está distante do centro neste momento por causa do seu neo-liberalismo e conservadorismo é o PSD(não digo obviamente que seja de extrema direita porque não é) . 
Considero também que o CDS e o PS já se confundem porque o "rio" que os separa fica-se pelas directrizes, na prática há uma poça, o PSD esse está mais longe sim.
Os contribuintes são quem compra, e se é necessário produzir então é óbvio que alguém terá de comprar, assim, não se pode ir aos bolsos dos consumidores porque senão eles não têm dinheiro para consumir.
Quanto à UE, só tenho a dizer que o Tratado de Maastricht  foi um grande logro.
Não tenho nada contra o casamento homossexual porque acredito na igualdade de direitos, considero que a mulher é que deve controlar a sua vida e decidir se quer ou não abortar (não apoio o aborto, antes pelo contrário, mas a escolha não me pertence, além disso se proibissem o aborto também tinham de proibir as pílulas), quanto à adopção por casais do mesmo sexo a escolha é me muito simples e adapta-se a todo o planeta: desde que tratem bem a criança.

Pronto, aprenderam um bocado sobre mim portanto agora respondam-me, sou de extrema-esquerda?
Será que eles sabem o que é a extrema-esquerda?

10 comentários:

  1. Ser-se extrema-esquerda não implica ser-se contra a sobrecarga dos contribuintes, talvez seja essa uma das ideias que fizeram alguém te considerar de extrema-esquerda. No fundo, acho mesmo que estás entre centro-esquerda e extrema-esquerda, para além de partilhares ideias com o Bloco de Esquerda, no entanto as explicares melhor.

    ResponderEliminar
  2. danielab - Sabes o que é extrema-esquerda? O Bloco e o PC podem ser os partido mais à esquerda em Portugal mas não são de extrema-esquerda à imagem do comunismo soviético.

    ResponderEliminar
  3. Identifico-me com tudo e este texto quase podia ter sido escrito por mim, tirando aquela parte do CDS. O CDS é um partido de extrema direita "escondido" e mal disfarçado pela democracia. Assim que as democracias vacilam, eles começam logo a deitar as asas de fora.
    Deixem a Europa continuar neste rumo e vão ficar admirados com a quantidade de Hitlerzinhos que vão aparecer, como baratas a saírem das sarjetas quando adivinham trovoada.

    ResponderEliminar
  4. Hi! Descobri o teu blog "por aqui" e daquilo que já li tenho gostado bastante =) Quando quiseres, o meu cá te espera (e sorry pela invasão =P)

    Em relação ao teu post, eu tb sou apartidária e bem sei as boquinhas que oiço às vezes... especialmente por estar no curso em que estou. E por essa mesma razão não entendo de todo o que as "pessoazinhas" têm contra os gays. Não são eles que estão errados, são quem os critica, porque o que eles querem é o mesmo que os "restantes": serem felizes com a pessoa que escolheram para estar ao lado deles e serem aceites na sociedade. Eles não pagam impostos como os "outros"? Não trabalhão como os "outros"? Não têm sentimentos como os "outros"? Enfim. E quantos de nós foram criados pelas tias solteiras e avós viúvas (como foi o meu caso)? Eu tive mtu carinho e nenhum mau exemplo. Este é um país pequeno com pessoas (ainda) mais pequenas. O que é uma pena.
    Bjs **

    (vou seguir o blog ^^)

    ResponderEliminar
  5. Defecando e Andando - Não considero o CDS perigoso porque penso que a demagogia tem mais peso em Portugal com figuras novas, o Paulo Portas é o CDS e não tem credibilidade suficiente, não há nenhum Freitas por lá.

    Nightwish - bem vinda ;) quanto a que disseste tenho que te dar razão e não vejo motivos concretos para qualquer tipo de oposição a estes assuntos, apenas mesquinhice e conservadorismo exagerado.

    ResponderEliminar
  6. Obviamente que não és de extrema-esquerda! Nem nada do género (mas se fosses é preferível do que ser de extrema-direita :D )! Só à uma coisa que não concordo muito com o teu post: acho que não é o PSD o partido mais extremado por assim dizer! O CDS tem ideais muito mais à direito do que o PSD (inclusivamente apoiando em certa forma a intervenção da igreja no estado, ideologia que no meu ver é muito disparatada mas enfim), o CDS têm como principal ideologia a democracia-cristã e ideais no meu entender muito próximos dos ideais salazaristas (família, pátria e deus, não era ssim?!?!?). Alias, não sei se viste no telejornal, mas o maluquinho do massacre de oslo disse que Portugal tava "infectado com políticos corruptos" tirando o CDS (por muito cómico que isto parece ele disse mesmo isto, não é gozo).

    Mas de resto, quem te acusa de extrema-esquerda anda enganadinho! Deviam-te acusar de seres consciente e interessado em política (coisa que hoje em dia é rara!)

    ResponderEliminar
  7. Quando não concordam com a nossa opinião ou somos leigos ou somos extremistas... não vale a pena dar-lhes muito crédito...

    ResponderEliminar
  8. José - Não posso concordar contigo apenas porque o CDS é mais à direita nas directrizes, mas na prática este PSD está muito, mas muito mais à direita. Tu és um comuna, comes meninos, eu se for bloquista sou um drogado e eles vendem esta cantiga para tentar proteger o facto de terem falhas enormes.

    Estudante: Exactamente.

    ResponderEliminar
  9. Eu não percebo um cu de política, não vou armar-me em xica esperta lol.

    Mamas?mas quem é que falou em mamas?Aqui só se fala em melancias ahahah

    **

    ResponderEliminar
  10. Lyn - Não gosto de melancias, mamas gosto.

    ResponderEliminar