sábado, 23 de julho de 2011

Algo deve estar errado... Amy Winehouse

Sempre esperei que o fim desta imensamente talentosa jovem fosse assim, graças a copos e droga, muitos antes dela morreram devido a isso, o Kurt Cobain, o Jim Morrison, o Jimi Henrix, a Janis Joplin, Jesus Cristo e até mesmo Elvis Presley.


  • Ok que é fácil fazer piadas e gozar com o facto de se chamar Winehouse e dizer que se chamasse Waterhouse ela se portaria melhor portanto façam-nas à vontade, eu não vos censuro.


O que me deixa triste é que de facto ela era genial e ás vezes caiu em descrédito apenas porque viveu a vida dela daquela maneira. Tenho pena, muito sinceramente gostava de a ouvir e espero que ela fique na história, ela fazia música e isso é raro hoje em dia.
Claro que viveu sempre no limite e que se auto-destruiu e eu mais uma vez reforço que não lhe imaginava outro fim mas a lição aqui é: quando te mandarem para a rehab, não digas no, no, no.

12 comentários:

  1. 'quando te mandarem para a rehab, não digas no, no, no.' ahahaha muito boom

    ResponderEliminar
  2. Entristece-me bastante a notícia.
    E tal al como disseste, ela fazia música.
    E dava voz à musica.

    Apesar da notícia não ser surpresa, é sempre triste.

    ResponderEliminar
  3. de facto é uma pena a moça ter morrido. well, se aquilo lhe fazia sentir bem, ao menos deve ter morrido consolada.

    ResponderEliminar
  4. MartaP - Devia ter ido.

    iPlagiator - Exactamente. Podia haver um milagre ou algo do género.

    Anna - Mergulhada em vómito como de costume.

    ResponderEliminar
  5. A mim também não me surpreendeu que acabasse assim.

    ResponderEliminar
  6. B.B. - É natural... Os 27 anos têm algo de perigoso, foi o Jim Morrison (diz-se que foi por paragem cardíaca mas toda a gente morre por paragem cardíaco, o importante é o que levou o coração a parar e foi a droga claro está), Jimi Hendrix(overdose), Janis Joplin (overdose), Kurt Cobain (overdose), tudo aos 27.

    ResponderEliminar
  7. Defecando e Andando: Ao menos deixou boa música.

    ResponderEliminar
  8. tenho muita pena mesmo! talentos como o dela não se encontram muitos hoje em dia, como referiste. o q vale é q a obra ficou e q ela fez alguma coisa de jeito na vida: mostrou-nos o seu talento. r.i.p amy!

    ResponderEliminar
  9. fiquei tão triste... não imaginas, eu adorava a amy. não se vêem talentos desses todos os dias.

    ResponderEliminar
  10. O kurt cobain não morreu de overdose, suicidou-se com um tiro de shotgun na cabeça.

    A winehouse tinha tanto de talentosa como de estúpida, teve talento de sobra, sempre teve boas condições de vida... Enfim.... devia era ter feito mais alguns álbuns. RIP

    ResponderEliminar
  11. Inês: Exactamente.

    Filipa Arez: Era rara.

    DC: Tens razão, tens, sabes que ás vezes distraio-me com os factos, tendo em conta que ele também abusava nas drogas.

    Oxalá a Amy tenha trabalhos por publicar que ainda possamos ouvir.

    ResponderEliminar