segunda-feira, 20 de junho de 2011

Algo deve estar errado... Blogs de "gaja"

Não meninas, não vai sair daqui nenhum ataque ao sexo feminino, antes pelo contrário. Vai sair sim um ataque a um tipo de blog observável por aqui por este mundo no qual ainda sou jovem, um tipo de blog ao qual eu gostaria de mudar o nome, o chamado "blog de gaja".

Considerações iniciais:
  • O "blog de gaja" não necessita de ser escrito por uma menina, pode ser escrito por um gajo muito morcão;
Exemplo:

"Odeio aquelas putas(elas sabem que são), mas eu sou mais forte e vou superar" ou " amo-te filho da puta, aquela vaca não se vai meter entre nós" ou ainda "sou boa demais para ti".

Porque carga de água é que achas que deves partilhar isto com o mundo?
A sério achas isto útil? Interessante talvez? Uma tomada de posição? Isto prova que és culta?
É que para mim só prova que tu (labajona ou gajo morcão) és de facto um grande monte de merda.

Pois se esta porcaria se intitula "blog de gaja", por respeito a todos os blogs femininos que li, alguns absolutamente geniais e com um tipo de humor negro que apenas as nossas queridas senhoras podem reproduzir, eu proponho que este tipo de blog se passe a chamar:

Composição Artística Criativa Asinina
(CACA)

Porque as verdadeiras mulheres fazem o mundo mais bonito, este e o de lá de fora.

20 comentários:

  1. Nem mais.
    Abaixo os blogues de CACA. lololol

    ResponderEliminar
  2. Oh pá, eu sou gaja e tenho um blog. Devo ficar preocupada? :)))

    ResponderEliminar
  3. CA: Exactamente. Basta de CACA!

    MartaP: Eu sou simpático quando quero.

    BB: Tens um blog de gaja ou um blog de CACA? Vou já ver!

    ResponderEliminar
  4. lol, tens razão! só esses e aqueles em que elas falam do verniz e das bolsas que compraram nao sei onde e que foram mesmo caras. Enervam-me profundamente...

    ResponderEliminar
  5. Ahaha muito bom x) E se criássemos a "Comissão Anti Responsáveis Anónimos por Leituras de Histórias Odiosas"?...

    ResponderEliminar
  6. Estudante: Quem quiser ir para o CARALHO faça favor de dizer. Estão abertas inscrições.

    ResponderEliminar
  7. CACAROL: Junta-te ao CARALHO(Comissão Anti Responsáveis Anónimos por Leituras de Histórias Odiosas), vamos mudar o mundo!

    ResponderEliminar
  8. E terem um blog pnde façam isso já é uma bênção...antes aí que no Facebook!

    ResponderEliminar
  9. Vamos lá aqui a esclarecer uma coisita, não que eu não goste de criticar e dizer mal por dizer, que às vezes até gosto e muito, agora parece-me a mim que os blogues são sites pessoais onde cada um pode entrar em depressão à vontade e dizer aquilo que bem entende. Ninguém é obrigado a seguir um blogue que não gosta ou com o qual não se identifica. Pronto, era isto:))))

    ResponderEliminar
  10. Myann: Óptimo.

    Dexter: Elas fazem em todo o lado.

    Matilde: A minha crítica é ao facto de denominarem isso como blog de gaja quando no fundo é uma CACA, o meu problema é só o conceito. mas vou ter que discordar com uma coisa, há comentários que vão contra todo o bom gosto e inteligência, sejam escritos num guardanapo, num diário ou num blog.

    ResponderEliminar
  11. ó joão eu até fiquei bastante preocupada. quando li isto ;o
    ó pa não tenho conseguido entrar no teu blog, que raios -.-
    coitadas das miudas (e ás vezes miudos) ó pa não tenhem com quem falar, vem praqui desabafar né?

    Anna
    (o mundo e a anna / vísceras)

    ResponderEliminar
  12. Matilde: Assim já gosto :D

    Anna: Não há razões para preocupações. O meu blog é maroto algumas vezes. Não é uma questão de ser um desabafo, é mais por ser sujo! Não gosto.

    ResponderEliminar
  13. "Amo-te filho da puta"? Não chamaria a alguém que se declara assim ao amor da sua vida uma "gaja"...
    Tenho a sorte de ir parar muito raramente a blogs desse género, que devem ser escritos por adolescentes em plena crise hormonal e de identidade.

    ResponderEliminar
  14. Minha nossa, como encontro isso e blogs em que contam tudo que compram e espetam aquilo como se fosse algo maravilhosa para as pessoas invejar.
    Haja juízo para essa gente!

    ResponderEliminar