quinta-feira, 19 de maio de 2011

Algo deve estar errado... Pois meu, pois.

Na nova rúbrica do Algo Deve Estar Errado, "Pois meu, pois" vou pegar em coisas que me deixam a pulga atrás da orelha e escrevê-las à minha maneira.
Aqui vai:

Nunca reparam que agora muitas miúdas crescem cada vez mais depressa? 

Aos 13 anos já fumam, usam grandes decotes, malas da moda, telemóvel na mão, sempre, um monte de rapazes graúdos atrás delas e um ego do tamanho do mundo. 

Ás vezes até dá vontade de lhes cortar as mãos para não andarem com a merda do telemóvel, era do género: "Larga o telemóvel se quiseres voltar a usar pulseiras!"

 Aos 14 anos começam a sair para discotecas, a apanhar bebedeiras e a gozar de uma enorme dose de promiscuidade, vida de  mulher mas sem qualquer atribução de responsabilidade porque são muito novas para isso. 

Aos 15 já são mulheres, excepto aos olhos da lei, carne óptima para presidentes italianos e jogadores de futebol ou num caso mais pobre, chulos!

Eu não sou conservador, muito pelo contrário, mas crescer depressa demais nunca é algo bom.

Isto veio a propósito da seguinte conversa:

Eu: Meu, se as chavalas agora crescem todas mais depressa e mesmo tendo para aí 14 anos já parecem moças de 20 e tais, será que entram na menopausa aos 30?

Resposta: Nunca tinha pensado nisso.

Eu: Pois meu, pois.

PS: Isto não é para todas as raparigas obviamente e eu exagerei sempre nalguns pontos, mas como as mulheres são uma dádiva, creio que é arriscado atirá-las para os lobos quando não precisam, quando precisam de ser meninas, depois sim, mulheres.

3 comentários:

  1. Sempre que eu digo algo do género chamam-me conservador...mas não podia concordar mais contigo. Basta ir sair à noite e vemos uma data de pitas de 15 anos (ou menos) podres de bêbedas agarradas a um tipo 10 anos mais velho.

    Epá eu com 15 anos limitava-me à PlayStation.

    ResponderEliminar
  2. Pois, eu hoje saio e fico burro. Não percebo, ainda estão na idade de gostar daquelas bandas muito fraquinhas, de ver as séries da TVI mas em vez disso atiram-se aí à vida e por magia são mulheres. Se acontece algo de mal, então já são a filha de alguém. É isso que me cai mal.

    Eu com 15 anos ainda gostava de ver o Dartacão. Agora já não gosto, vi vezes a mais.

    ResponderEliminar
  3. Já agora, eu com 15 anos limitava-me ao hi5.

    ResponderEliminar